sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Cores de pele são muitas! - Dicas de tingimento natural para bonecas negras e pardas. Parte 1



A próxima ação das bonequeiras sem Fronteiras será a entrega de bonecas em comunidades quilombolas do Vale do Ribeira. Para tanto pensamos na importância de fazermos bonecas negras e pardas, uma vez que acreditamos ser um caminho importante para a valorização da auto-estima e do reconhecimento da identidade afro-brasileira das crianças.  A criança negra ou parda merece ter "a sua boneca" como seu espelho, onde possa identificar sua beleza , suas características étnicas. Claro que bonecas de etnias diferentes também são bem vindas e ajudam as crianças a aprender a amar e a conviver com as diferenças. Através da identificação étnica com a boneca, a criança se fortalece,  valoriza a si e aos seus semelhantes e reconhece, para toda a vida, suas raízes, livre de preconceitos ou estereótipos. É bom poder crescer assim.


Bonecas enviadas para as crianças de Pinheirinho por Gislene Ellery


Mas algumas bonequeiras tem encontrado dificuldades em achar tecidos em tons de pele parda ou negra. Para resolver este problema vamos partilhar uma série de dicas de técnicas de tingimentos naturais para garantirmos nossas lindas quilombolinhas, orgulhosas de suas cores. Façamos isso enquanto as lojas de tecido não entenderem que  tecido cor de pele não existe, QUEREMOS TECIDOS EM CORES DE PELES, muitas, variadas, diferentes e todas lindas.
Começaremos com as dicas, super preciosas da querida Ana Paula, do Atelie Caseiro:

Olá pessoal, a Andréia solicitou que eu escrevesse sobre tingimento de tecidos, em especial tecido cru. Não sou expert no assunto, minhas tentativas são caseiras e sempre com metragens pequenas, o máximo que tingi ao mesmo tempo foram 3 metros de tecido. O resultado é muito bom e você passa a ter nas mãos um tecido exclusivo.

Para tingimento natural:
> Tecido 100% algodão, normalmente ele tem um tom cru. Vale viés 100% algodão, rendas de algodão... Tudo que for 100% algodão pode ser tingido.
> Café ou chá preto (1 xicara de pó/4 saquinhos)
>Filtro de café.
> Uma panela.
>Balde/bacia
>Pia/tanque de roupas
>Sal de cozinha. (5 colh sopa cheias)
>Amaciante de roupa

No caso do tingimento natural, a panela depois de lavada pode voltar ao uso normal. Então vale qualquer utensilio da cozinha. De preferência para uma grandinha e larga(panela de massa), pois facilita o trabalho.

Molhe bem o tecido em água corrente, para que saia a 'goma', aquele durinho do tecido novo que saiu da fábrica. Dê uma torcida leva só para retirar o excesso de água e deixe no balde.
Prepare o café ou chá, ou os dois juntos! Calma, você não vai beber isto, é só para o tingimento mesmo. Pode ser café dormido de garrafa térmica, mas tem que ser forte e sem açucar, bem forte.
+- 1 xícara de pó de café, para meio litro de água e/ou 4 saquinhos de chá para meio litro de água.
É bem concentrado porque será diluido na panela. Acho mais fácil assim do que passar 2-3L de café no bule!

As bebidas estão prontas? Café foi feito no bule certo? Já passou pelo filtro.
Chá de saquinho não tem problema, mas se for chá a granel, têm que passar pelo filtro de papel. Combinado?

Vamos para panela. Acrescente água da torneira em quantidade que seja suficiente para cobrir o tecido que está no balde.
Acrescente o chá ou café ou a mistura dos dois.
Misture bem. Acrescente o tecido que estava no bolde.
Leve a panela a fogo (pode ser fogo alto). Mexa com uma colher de pau de vez em quando.
Começou a ferver, mexa o tempo todo. Quanto mais cozinhar, mais uniforme ficará a cor. Mexa o tecido, deixe-o sempre submerso na mistura.  Uns 10 minutos no fogo são suficientes.

Desligue o fogo.  Eu faço direto porque estou acostumada, mas por segurança podem deixar amornar antes de virar o conteúdo da panela dentro do tanque.
Deixe que o café/chá escoe pelo ralo.  Saiu a agua?
Enxague o tecido em água corrente. Sim, sai tinta do tecido, bastante!
Não esfregue, é só retirar o excesso de tinta. Agora feche o ralo. Coloque o sal, 5 colheres de sopa.
Deixe o tecido nesta salmora, isto irá fixar a cor.  10 minutos bastam. Passe rapidamente por água corrente.
Encha um balde com água e dilua uma tampinha de amaciante de roupas nesta água. Mergulhe o tecido neste balde e estenda no varal.
PRONTO!!!
Deixe secar, mas NÃO deixe esturricar no varal, úmido para seco já basta, passe todo o tecido com ferro de passar roupas. Agora é a hora, se o tecido secar de esturricar, desamassá-lo será um inferno. Acredite!
http://ateliercaseiro.blogspot.com.br/2011/09/almofadas-dica.html. Neste post você pode conferir o tingimento natura de renda de algodão.

Pessoal, o resultado é uma cor natural, não ficará super escuro nem cor de chocolate. A diferença é de dois ou três tons mais escuro.

Ana Paula Pacheco.


19 comentários:

  1. Vamos meninas coloquem a mão na massa. Ops o tecido no café e teremos bonequinhas com lindas cores! =D

    ResponderExcluir
  2. Meninas vale colorau para peles puxando para o tom alaranjado, agua do cozimento de beterraba, puxa pro rosa, cacau em pó ajuda a escurecer, canela dá um tom mais queimado, casca de cebola puxa para o dourado... Tudo o que solta cor, pode ser utilizado nesse mesma esquema do café ou chá. Só não pode pular a etapa da salmora pq é o que fixa a co no tecido. Combinado?

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post Andrea e as dicas da Ana são super bacanas, eu mesmo estou com dificuldade de encontrar tecidos para a produção das quilombolinhas...
    Parabens Ana pelo pap, super didático!!!!Valeu mesmo...
    Beijos para as duas!!
    Jud-artes.

    ResponderExcluir
  4. Ficou ótimo o post, super bem explicado! Como eu fiz isto faz um tempo, o primeiro ficou claro (fiz tudo errado,café fraco e sem sal rsrs) o segundo ficou bem melhor, com o chá preto - bem mais escuro. O próximo vou fazer com café dormido vixeeee, seguindo seu passo a passo. E a maior bobagem de todas que fiz foi cortar as partes do molde antes de tingir: desfiou tudo... No fim das contas, eu fiz as minhas 3 primeiras bonecas com o tecido claro e elas seguiram viagem. Se as tias decidirem que são muito branquinhas para se juntar aos quilombolas não faz mal, logo logo elas encontram suas donas :-) Bora tingir um paninho!

    ResponderExcluir
  5. Gente tudo que mancha roupa, vale pra tingir tecido> Molho de tomate, vinho, suco de uva, amora... Não é culinária, mas qto mais colorido o ingrediente, mais naturalmente tingido ficará o tecido.

    ResponderExcluir
  6. Estou amando esse blog e essas dicas1 Vou fazer esse tingimento e depois digo qual o resultado que consegui. Beijão.

    ResponderExcluir
  7. Adorei este post.Tentei tingir com cha,cravo e canela,ficou uma cor linda mas deixei secar demais,fui lavar novamente e ficou manchado,esqueci do sal!!!Vou fazer tudo novamente,agora seguindo estas dicas.Obrigadinho!!Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Não pode esquecer o sal, minha gente, senão fica manchado!!!
    Amei o post. Essas bonequeiras, tudo que fazem fica 10!!!
    Agora estão se revelando como blogueiras! Deus salve a blogosfera!kkk
    Beijos e parabéns para todas!

    ResponderExcluir
  9. Adorei o blog, e os post com certeza vou fazer várias.
    bjs
    Mi

    ResponderExcluir
  10. Olá! Tenho uma dúvida, se eu aumentar a quantidade de café ou chá a cor fica mais escura? Obrigada, abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isabella,
      Obrigada por visitar nosso blog. Quanto a sua pergunta : é o tempo que o tecido fica no café que determina a cor; quanto mais tempo, mais escuro. Mas é importante considerar que mesmo sendo algodão, os tecidos podem ter diferenças. Se puder, use uma amostra antes de fazer seu projeto, assim você não comete erros

      Excluir
  11. Nossa!! Parabéns pelas ideias!!!! Ando doida atrás de tecidos para bonecas negras e só encontro marrom muito escuro. Vou tentar sua técnica.

    ResponderExcluir
  12. obrigada pela dica,louca para fazer minhas bonecas moreninhas.

    ResponderExcluir
  13. Boa noite!Parabéns pelas dicas!!!Vai ser muito útil para mim!Obrigada!!!

    ResponderExcluir