domingo, 8 de dezembro de 2013

Bonequeiras sem Fronteiras - As histórias dos Contos de Natal acontecem de verdade



          Vocês que acompanham o nosso blog, sabem que as Bonequeiras sem Fronteiras não  uma empresa, que não temos patrocínio, mas temos alguns princípios que regem o grupo e tudo o que fazemos é pelo belo trabalho das artesãs espalhadas pelo Brasil que doam seu material, seu tempo, seu trabalho e, mais do que isso seu carinho em forma de bonecas, bichinhos e outros brinquedos feitos a mão.                 

         Nessa época de final de ano aparecem muitos filmes, contos e outras histórias  com aqueles finais lindos onde, apesar de dificuldades tudo acaba bem pela magia do Natal.

         Quem não acredita que essas histórias com final feliz não acontecem na dura realidade do cotidiano, precisa ler o que vem a seguir : são nossos verdadeiros e lindos contos de Natal que nos fazem acreditar que todo nosso trabalho vale a pena e que ganhamos muito mais do que doamos.

         PRIMEIRO CONTO DE NATAL - AS BONEQUEIRAS SEM FRONTEIRAS E O GRUPO DE TEATRO



       
        No mês de novembro aconteceu em Porto Alegre um mutirão organizado pela bonequeira Daniela Garcia e as mulheres da Igreja Anglicana em Porto Alegre. elas produziram 60 bonecos bebês que precisavam chegar primeiro em Curitiba e depois junto com outros bonecos irem para seu destino final : um grupo de crianças em Rio Claro, SP.  Pedimos ajuda através do Facebook e rapidamente Nena Inoue do grupo de teatro "Murro em Ponta de Faca", ofereceu  carona para os bebês na van do grupo que viajava de Curitiba para o Rio Grande do Sul. Em breve as crianças de Rio Claro receberão suas bonecas que já estão a caminho.

         SEGUNDO CONTO DE NATAL - AS BONEQUEIRAS SEM FRONTEIRAS, A REDE SOCIAL E A CARONA SOLIDÁRIA




           Bonecas feitas pelo grupo serão entregues pelos Doutores da Alegria num hospital em São José dos Campos, SP. Todas as bonecas prontas, mas apareceu uma dificuldade: as transportadoras exigem nota fiscal e, como não somos uma empresa, não temos nota fiscal e a nossa nota de artesãs que doam emitida em Curitiba não é aceita no estado de São Paulo. Muitas pessoas do grupo postaram em suas páginas pessoais quem poderia dar carona para as bonecas e em menos de duas horas este problema foi resolvido: as duzentas bonecas seguirão de carona no carro de uma voluntária e chegarão ainda este mês nas mãos de uma criança em tratamento , que esperamos que se recupere rapidamente. Isto é que é rede social!

             TERCEIRO CONTO DE NATAL - AS BONEQUEIRAS SEM FRONTEIRAS E A CHUVA DE SAPOS EM CURITIBA




          Como assim? Chover sapo?  Pois aconteceu, e foi em Curitiba.  Uma terapeuta que trabalha com idosos, mostrou em seu computador a página das Bonequeiras sem Fronteiras em uma das reuniões do grupo. Algumas semanas depois, uma senhora portadora de mal de Alzheimer e com 76 anos de idade chegou com mais de 150 sapinhos  feitos com tecidos que conseguiu na estofaria de um parente. Isso mesmo, 150 sapinhos! E o melhor é que para cada um dos sapinhos ela  fez uma oração. A chuva de sapos cheia de boas energias irá alegrar 150 crianças nas futuras ações do grupo. 


              QUARTO CONTO DE NATAL - AS BONEQUEIRAS SEM FRONTEIRAS, A TIA MARIA E OS URSINHOS
                   

              Tia Maria é uma senhora linda e solidária de 82 anos que vive no interior do Paraná e conheceu o projeto através da Miriam sua sobrinha que é Bonequeira sem Fronteira. Dona Maria estava adoentada, ficou dias sem comer e foi hospitalizada algum tempo. Após sua alta ela queria algo para se distrair e passar o tempo. A mãe da Miriam mostrou a ela um ursinho que aprendeu em um mutirão que aconteceu em Curitiba e começaram a produção de ursinhos. Tia Maria ficou tão feliz com o fato de estar sendo útil novamente que voltou a se alimentar e a sorrir e acabou produzindo com a ajuda da filha Dona Inês mais de 50 ursinhos para doar!  O problema é que enviar essa quantidade enorme de ursinhos pelo correio ficaria caro demais. Mas como os contos de Natal existem na vida real, aconteceu que uma moça de Maringá escreveu na fan page do grupo no Facebook contando que seu grupo de jovens ajuda 50 crianças e que dariam para elas uma festa . O final é previsível : ela foi até à tia Maria e as crianças de Maringá vão ter um presente especial de Natal : um dos ursinhos feitos com tanto carinho.



           Em todas essas histórias, as pessoas que nos ajudaram não fazem parte do grupo e agradecemos imensamente a ajuda oferecida. O amor contagia e não é só por que é época de Natal.


            BONEQUEIRAS SEM FRONTEIRAS - BONECAS DE PANO, AMOR DE VERDADE.

            Tenha um ótimo Natal!



          
                      

         



                  

7 comentários:

  1. Adorei a postagem, emociona a gente e faz um bem enorme para os nossos corações!!
    Bjus,
    Jud Martins.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom!! E, é ótimo saber que vivenciamos esta sensação de Conto de Natal durante todo o ano.
    Feliz Natal para todos!!

    ResponderExcluir
  3. Histórias emocionantes que são nosso presente de Natal!
    Porque fazer o bem faz muito bem para a alma e para o coração
    Go Bonequeiras! que 2014 seja recheado de bonecas, bonecos, ursos, sapos, etc

    ResponderExcluir
  4. Milagres acontecem todos os dias!!!
    Feliz Natal minha queridas Bonequeiras!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Isso é honrar o Natal de verdade. Coisa linda!

    ResponderExcluir
  6. Para cada coração atingido, um milagre acontece. Go Bonequeiras

    ResponderExcluir